CAMPANHA DE DOAÇÃO DE SANGUE

Dentre tantos problemas que a pandemia do novo coronavírus vem causando, esse merece uma atenção especial: a diminuição do número de doadores de sangue.

Com a quarentena as pessoas tem evitado sair de casa, e consequentemente a busca pela Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron) reduziu bastante, como resultado houve uma queda significativa no estoque de bolsas de sangue."Muitas pessoas deixaram de vir até a Fhemeron. Estamos com baixa grande nas bolsas do sangue do tipo O+. Uma única doação pode salvar quatro vida ", disse a coordenadora de captação da fundação, Maria Luiza Pereira.O sangue que é doado é separado em diferentes componentes - hemácias, plaquetas, plasma. Assim, apenas uma bolsa coletada pode beneficiar mais de um paciente.

A população não pode parar de doar, mesmo neste momento de pandemia de COVID-19. Pessoas com anemias crônicas, hemorragias, em tratamentos ou com complicações de doenças graves, continuam necessitando de doações. Ou seja, o consumo de sangue é contínuo. O procedimento é feito de forma simples, rápida e, principalmente, segura. Não há riscos para o doador, porque os materiais usados na coleta do sangue não são reutilizados, eliminando qualquer possibilidade de contaminação.

Por isso, o Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Rondônia faz campanha para que as pessoas procurem o hemocentro "Precisamos que todos se sensibilizem, então fazemos um apelo àqueles que tenham condições de ir, e que não estejam no grupo de risco ou apresentando sintomas gripais, para que façam a doação, pois a situação do banco de sangue está crítica por conta da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19)", afirma o Presidente do CRECI/RO, Júlio César Pinto.

A Fhemeron de Porto Velho fica localizada na Avenida Governador Jorge Teixeira, 3766, ao lado do Hospital de Base. O agendamento para a doação pode ser feito pelo (69)3216-2234.

Condições para poder doar sangue

  • Estar em boas condições de saúde
  • Ter entre 16 e 69 anos, desde a que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos
  • Pesar, no mínimo, 50 kg
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas)
  • Estar alimentado (mas evitar alimentação gordurosa)
  • Levar documento original com foto recente

Quais critérios impedem a doação de sangue?

  • Hepatite viral A – após os 11 anos de idade
  • Hepatite B ou C – em qualquer idade
  • Hepatite por medicamento – está apto após cura
  • Evidência clínica ou laboratorial: hepatites B e C, vírus HIV, doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas
  • Uso de drogas ilícitas injetáveis
  • Malária

Cuidados pós-doação

  • Aguardar 15 minutos no Banco de Sangue
  • Manter o curativo por, pelo menos, quatro horas
  • Não ingerir bebida alcoólica
  • Não fumar por duas horas
  • Evitar esforço físico exagerado por 12 horas
  • Beber bastante líquido
  • Se for dirigir, parar imediatamente o veículo em caso de mal-estar
  • Faça um pequeno lanche e hidrate-se. É importante que o doador continue se sentindo bem durante o dia em que efetuou a doação

Em relação à pandemia do COVID-19, são considerados inaptos para a doação de sangue por um período de 30 dias pessoas que apresentarem sintomas respiratórios e febre ou se tiverem tido contato, há menos de 30 dias, com casos suspeitos ou confirmados da doença.